segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Redoma de vidro!


As vezes vejo por aí ou por aqui, pessoas que procuram manter-se numa redoma de vidro, achando que estarão salvas do mundo, de todos os perigos.
Infelizmente o perigo está dentro da redoma e é você mesmo. As pessoas acham que fazendo isso, estarão evitando o sofrimento, as decepções, mas esquecem que elas são necessárias para que nos fortaleçamos, para que possamos criar "anticorpos" para o mundo.
Não será agindo dessa forma que você irá se proteger, pode até funcionar por um tempo, mas logo começará a ter efeitos colaterais, as vezes difíceis de reverter.
Pensem como a vida é linda, apesar dos altos e baixos, continua sendo e precisando ser vivida, ser aproveitada ao máximo.
Sei que o medo a vezes pode ser um incentivo para se manter recluso em si mesmo, mas é preciso criar coragem para enfrentar determinadas situações, pois somente assim você poderá conseguir descobrir quem realmente você é.
Não se destruam achando que estão se salvando. Isso pode ser tornar uma "morte" lenta e talvez não chegue ninguém a tempo de lhe salvar.
Reflitam bem a respeito, pois alguém pode vir por fora e quebrar sua redoma e você não está preparado para as consequências.

É isso

Bjo

44 comentários:

dand disse...

Dil, belo texto.
Concordo com você, quem se prende numa redoma de vidro, deixa de viver. E quando resolver até mesmo se libertar, poderá ser tarde demais, pois verá que a vida passou.
eu tenho um primo que vive assim, numa redoma. Ele vive unica e exclusivamente para os estudos, pois a mãe dele o moldou assim. Ela programou o filho dela.
Daí hoje eu vejo que ele até tenta, muito discretamente se libertar. Mas não consegue porque sua mente já está condicionada a esta redoma.

Um grande abraçooOOoo..
Te ADoro.

HSLO disse...

Eu já fui uma dessas pessoas amigo.
Hoje quero viver a vida.


abraços de luz e paz.

Hugo

Luna Sanchez disse...

Viver não é indolor. Tem toda a razão, querido.

Beijo, beijo.

* Tá tudo certinho por aí? ^^

ℓυηα

Jay e Alê disse...

Dil,

Tudo bem? Tá feliz?
Acho que tem novidades por essa blogosfera afora ein? kkkkk
Depois te conto hauhauhauhuahua.
Participe com a gente da postagem coletiva. Sobre música. É uma parceria dos Blogs Furo e Ká Entre Nós. Os blogueiros estão convidados a fazer uma postagem sobre seus estilos músicais, o que gostam ou não e a partilhar com a gente sua TOP 5 play list. Nossa última postagem coletiva foi um show. 115 blogueiros participaram. Visite o Ká Entre Nós ou o Furo LM para melhores informações. Ou aqui http://toaquivocetambem.blogspot.com/2009/12/flash-mob-postagem-coletiva.html
Convide seus amigos blogueiros via msn, e-mail, orkut, twitter, torpedo, SMS... vamos fazer a blogosfera vira uma grande MTV com os mais variados estilos.
Abraços
Jay

Gilson disse...

Dill

É isso mesmo, vamos marretar esse vidro, porque a vida foi feita para ser vivida, enfrentando-se os momentos ruins e sproveitando os bons momentos.

Abs

Eric R. disse...

Nossa amigo num é que estava comentando isso esses dias mesmo kkkkkkk né!
Realmente redomas de vidro só nos aprisionam em nossos medos.
Querendo fugir da realidade, deixando de ser quem realmente somos e nos trancando em um mundo inventado é deixar de viver e apenas ter uma sobrevida vazia e pobre de espirito.
E quando menos esperanmos , vem alguém com uma marreta e quebra no vidro que nos cerca, dai ,em português bem popular, Já era ...kk
Muito bom texto amigo ,como sempre.

Abração :D

Edilson disse...

Querido Dil (tenho autorização de chamá-lo assim...rs) :

Olha realmente as pessoas criam estas "redomas" para se defenderem do "inimigo invisível", mas muitas vezes esquecem de perceber que o grande amigo ou inimigo são elas mesmas. Uma vez li uma frase e nunca mais me esqueci : "As pessoas reclamam de solidão porque ao invés de construírem pontes, criam muros". Linda semana querido e te espero mais vezes em meu blog hein...rs Bjão.

Flavih Jones disse...

As pessoas tem manias bobas de tentar se esconder da vida. Mas nem tem jeito, pq mais cedo ou mais tarde ela vai ter q acabar se encontrando.

Adorei o post.
Beijoo

Jay e Alê disse...

Ah Dil, é Dil....
Tô com vontade de esfolar vc e arrancar suas peles com vc bem vivinho huahuahuahuahuau
Eu te perguntei e vc não me disse né? Tô bobo, de bob's com o climinha entre aqueles dois fofinhos do Eric e Teté kkkkkk
Hummmm bem q podia rolar um love né? Mas deixa isso com eles.
Mas vc ein amigo vc????
Bjus amargos kkkkk Zuera....
Te adoro. É possível que vc consiga falar com Alê hj.
Bjus doces kkkkkkk
Jay

Redneck disse...

Oi Dil, deu até medo porque, na maior parte das vezes, eu sei muito bem o que é essa redoma. Não que eu tenha medo de viver. Mas eu resisto a sair da redoma. Bem que eu queria que alguém a estraçalhasse de uma vez por todas. Os cacos? Bem, é só pegar uma pazinha e jogar fora depois, né? Abraço!

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Dil.
Temos que perder o medo de correr riscos, só assim descobriremos a vida,é claro que o sofrimento pode aparecer no caminho mas, ele também ajuda a crescer.
Abração

Abdoul Hakime Goul Djounoubi عبد الحكيم گل جنوبی disse...

Pois é Dil, é lamentável que às vezes sejamos fracos ao ponto de nos isolarmos buscando na redoma uma proteção. Como tu mesmo disses, no máximo ela será provisória, depois acaba. Porém, é compreensível essa atitude, pois o que a motiva quase sempre é o medo, e este sentimento, masi cedo ou mais tarde, é algo que chega e bate à porta de todos nós.
Muito bom o teu blogue, e tu és muito inteligente, um rapaz muito pensador, reflexivo. Te sigo!

"Pensem como a vida é linda, apesar dos altos e baixos, continua sendo e precisando ser vivida, ser aproveitada ao máximo."
J'ai aimée tellement cela!

Luccas disse...

Oi,
Muitas pesoas estão presas e nem percebem... Por isso devemos abrir os olhos e ver o quanto é lindo o mundo que está em nossa volta. Ver o que estamos perdendo...

Ah, desde já toh seguindo seu blog. Abraços.
Ah é baianinho?
Bjus

Elisa no blog disse...

Dil,
quanto tempo, estava com saudade.
Não só a nós mesmos, muitas vezes queremos colocar nossos filhos nas redomas. Isso é ruim.
beijos
Elisa

Lu disse...

Olá guri...
Bem? "Zóio briando" de felicidade?

Bacana o post e motivador. Embora, não podemos esquecer que a vida nem sempre é igual para todos...Alguns enfrentam dolorosas situações, dificuldades para sobrivivência, circunstâncias terríveis... Resultando em traumas, fobias etc...E não é nada fácil enfrentar o mundo externo e sair dessa redoma. Não temos a noção da extenção dos danos que foram causados, muito menos podemos medir a extenção de sua dor... Né?

Beeeijos!!!

Arthur Alter L. disse...

Oi Dil,
1. Se proteja que o Jay vai te esfolar huahuahuauau e o pior é que vc é inocente.... oh dó!

2. Sobre seu post, as vezes a gente mesmo cria uma redoma e entra dentro. O mais importante de tudo é sabe que é sempre possível rompê-la, e recomeçar. Sei que as vezes é difícil, mas é sempre possível, na verdade viver é difícil, mas vale a pena enfretar desafios e lutar por objetivos para além de nossos medos.
3. Quando eu falava com o Eric ele disse que me madou um bju, brigadão querido, vc é um encanto de pessoa. Bjao pra vc também. E pode deixar que eu te protejo contra o Jay kkkk se precisar hauhauhuau
Teté

Luh* disse...

Dil isso q vc disse é a pura verdade, nóssa como tentamos não ver o q realmente é com medo d sofrer e tal! é bem complicado!
beijos

Fumaça Subindo disse...

considero sempre bom esta PREPARADO PARA AS CONSEQUENCIAS.

Viva . disse...

Somos os nossos próprios monstros...

@philipsouza disse...

Isso mesmo Dil devemos ser mais abertos senao ficaremos bem presos a essa redoma e deixaremos de viver a vida...


e te convida para o Mob Brasil que o Entrando mais o Grama Azul estaremos fazendo sabado...peço que participe e divulgue com todos para unirmos em um so..O tema 2010 e temos noção de como a galera pensa....
conto com vc...para detalhes no entrando numa fria..

abraços

railer disse...

concordo. viver numa redoma é não ter coragem de encarar o mundo. e a gente tem que sofrer pra aprender e amadurecer.

Sentimental ♥ disse...

redoma e próprio umbigo pode ser considerado a mesma coisa? se for, eu não suporto gente assim.
[sim, estou má e revoltada... rs]
bjs

Caroline. disse...

Passando só pra dar um oi rs
cabeça doi demais...
Beijão =*


ps: vc tá bem?

Dois Rios disse...

Dil, meu lindo,

Você é sempre tão exato e preciso na sua forma de pensar e escrever que nunca me sobram arestas a aparar

Copio Cecília Meireles no poema Interlúdio... "as palavras estão muito ditas."

Beijos ternos,
Inês

Edilson disse...

Querido Dil:

Sempre muito bom a tua presença em meu blog. Bjão.

Paulo [ALT] disse...

Fikei lendo seu blog ontem pela madrugada, ainda não conhecia. O meu não é muito do mesmo gênero por isso hesitei em deixar algum recado mas hoje não aguentei e vim aqui de novo. Parabéns por ele. FOi bom ler as palavras que você deixou por aqui, li alguns posts da página. Ah, ouvi a música do compositor inclusive ^^ , kkkkkk, gostei mesmo muito daqui. É um ambiente bom, me senti bem com a visita. =]
Refleti bem com esse da redoma de vidro. Caiu em uma hora certa.
Excelente quinta-feira pra ti,
abraços ^^

Flavih Jones disse...

Na hora, levo sim. Vamoooos. o/
Vc vai se mudar para lá? Coisa boa. =D
Trabalho?
Olha eu sendo entrona. hehe

Beijo grande.

Luna Sanchez disse...

Passando pra deixar beijos, moço. ^^

ℓυηα

Cristiano Contreiras disse...

Post reflexivo, intimo e que agrada mesmo. abraço!

DANIZINHA disse...

Excelente.
Isso é verdade. E como acontece isso de querer se proteger, se privar da vida.
Sou muito visceral, intensa, não muito sutil. Sou daquelas, quase todas as vezes,que ligam la pelas 10 da noite perguntando se to afim de sair responde ainda já de pijamas: claro! demorô!
Mas, em certas ocasiões tbem me sinto numa redoma de vidro....como é possível? não sei. Talvez para certas coisas eu acabei, inconscientemente criando um muro. Por isso é bom ler um post como o seu pra repensar as coisas.

beijos

aparece....

Detalhes de mim... disse...

"Sei que o medo a vezes pode ser um incentivo para se manter recluso em si mesmo, mas é preciso criar coragem para enfrentar determinadas situações, pois somente assim você poderá conseguir descobrir quem realmente você é."

Nossa Dil! Eu estava precisando ler agora algo desse tipo mesmo!!! valeu!

Como vc está?

Bjoo

Menina Misteriosa disse...

Dil,
Maravilhoso isso... inspirado, emocionante e verdadeiro!
Assino em baixo, amigo! Tem toda a razão!!!!
Saudades...
Beijos

Luna Sanchez disse...

Diiiiiiiiiil,

bom final de semana, moço que eu gostooooo! ^^

Beijos, dois.

ℓυηα

@philipsouza disse...

Dil aki da vontade de voltar toda hora pelo conteudo que expoe aqui....sempre nos faz refletir e ainda vc fala q nao anota nada simplesmente sai....

abraçao

xoogle disse...

Grande Dr. Dil!

É sempre bom vir aqui e ler seus conselhos para o mundo. Geralmente são todos muito bem colocados e de forma sincera e honesta.

Um grande abraço,

Ivan
Seu paciente casual
Ha!

sonho disse...

só podemos criar "anticorpos" para o mundo se estivermos em contacto com ele...e conhecer as pessoas para que fiquemos imunes as suas maldades...
Beijo d'anjo para ti amigo

D i c a disse...

Não custa nada se preservar, Dil.
Eu era dessas que se guardava demais, com medo de me machucar.
Principalmente, quando o assunto em questão era "relacionamento amoroso" fosse entre amigos ou namorados.

Felizmente mudei, mui induzida a mudar. E não me arrependo, eu precisava crescer.
Sair da redoma é demonstrar que alguma coisa mudou pra melhor dentro da gente.
Viver não se arriscando é viver em vão.


beijos, lindeza.

Simplesmente Outono disse...

Passo para desejar um Natal na magnitude do teu mereciemento.

Desejo ainda que 2010 seja um ano repleto de sonhos realizados, de amizades fortalecidas, de amores vividos.

Permaneço afastada das letras por motivos que indepedem da minha vontade.

"É impressionante a força que as coisas parecem ter quando elas precisam acontecer". Permeada verdade com uma intensidade que jamais pensei suportar.

Deixo-te minhas folhas com o mesmo carinho de sempre ressaltando a saudade do nosso contato.

Simplesmente Outono.

Marcos Campos disse...

Oi Dil!
Ah! As pessoas tentam ter a falsa impressão de ue se preservam, mas isso nunca acontece...na vida tudo e todos estão interligados, de um jeito ou de outro, não tem como fugir da vida!!
Feliz natal pra vc!!
Abraço!!

Priscy Little disse...

Eu adoro o novo, enfrentar situações diferentes, ter que enfrentar meu medo, isso me da mais vontade de viver! Pq se as coisas fossem sempre perfeitas, que graça teria a vida?
Adorei o texto, como sempre!
Beeeiijo meu anjo.

Viva . disse...

Fico tão feliz que tenhas respondido. E isso basta para mim.

Eu sei o que é um pc não colaborar muito com as nossas necessidades (ou não).

Beijo

˙·٠•● ѕεறிoτιvo ◦ disse...

Uauuuuuuuuuuuuu
Que postagem revigorante.

O maior impecilho está em nossa mente.

Adorei.

Ray

Dani Brito disse...

Oii!
Gostei muito do seu blog...
estou te seguindo aqui viu?
Beijos
=)

Ju Fuzetto disse...

Dil

òtimo texto...


Ás vezes fugimos de nós,
e nos fechamos em uma redoma, o perigo é!? nós mesmo podemos nos ferir!!!!

Bjo