quarta-feira, 7 de abril de 2010

Perdas!


Na vida, tudo é passageiro de uma certa forma, a vida pode ser apenas um brisa leve ou uma ventania enfurecida. Todos perdemos pessoas queridas, sofremos, choramos. Muitos conseguem superar essa perda, passam por aquele momento normal de reclusão, para que assim possam assimiliar e perceber que o ente querido não está mais presente, ao menos fisicamente. Outras infelizmente não conseguem, elas pensam em juntar-se a pessoa que se foi. Pessoas assim, precisam muito da nossa ajuda, uma palavra de conforto, de carinho que a dermos poderá lhe salvar. Não que as demais não precisem, mas elas estão um pouco mais fortes para que possam seguir a diante.
Nos últimos dias, conheci um rapaz chamado Dan, aos poucos ele está se tornando um grande amigo. Infelizmente ele perdeu seu namorado Lucas Gabriel recentemente, creio que tinha apenas 24 anos. Sei que a dor que sentimos é imensa, parece que perdemos um pedaço de nós e que jamais iremos acabar com ela. Mas aos poucos a dor vai sumindo e aprendemos a seguir em frente. É importante isso, pois não podemos desistir de viver por que perdemos alguém, seja um parente, um amigo, um namoradoª, esposoª, pois eles de forma alguma gostaríamos que deixassemos de viver.
O que podemos fazer é pedir para Deus que nos conforte em seus braços e que nos ajude a amenizar a dor que sentimos. Nesse momento é fundamental para que possamos nos reerguer, o apoio dos amigos, da família e principalmente de Deus, pois dessa forma, se torna um pouco mais fácil aceitarmos o fato de que não estarão mais conosco.
A uns meses atrás um amigo muito querido meu, perdeu uma tia, que além dia tia, era madrinha, amiga, foi uma perde muito dolorosa para ele, no momento que eu soube, perguntei se ele gostaria de conversar e liguei, choramos juntos, pois seria impossível não chorar, quando vemos uma pessoa tão querida, de quem gostamos tanto, perder alguém e não se emocionar, se sensibilizar com a perda.
Digo a todos que estejam passando que chorem muito, pois assim, alivia nossa alma, orem para que Deus receba a pessoa em seus braços e que Ele possa ajudar você a passar por esse momento e não desistam de forma alguma de viver, nossa vida é muito importante para que possamos encurtá-la.

"AS PESSOAS QUE AMAMOS NÃO MORREM. APENAS PARTEM PRIMEIRO QUE NÓS. "

É isso

Bjo

36 comentários:

Ju Fuzetto disse...

Dil, como estás querido?

A morte é apenas uma viagem, um dia todos se encontraram...

beijo no coração!!

òtima quarta pra vc!!

EFS*** disse...

Tenho muito medo de perder o meu, porque sei que dentro quase todas as coisas, a morte é uma das únicas irrevogáveis.... =/

Grande Beijo Dil...

pontorouge disse...

É difícil falar da morte... principalmente quando não somos nós que sentimos a dor da ausência. Sim, porque essa dor é muito pessoal. E é preciso ser sentida.
Aos amigos só resta a solidariedade - oferecer o colo, dividir as lágrimas.

Um carinho para você e para seus amigos.

beijo rouge

Dani

Paulo Braccini disse...

Querido Dil ... a perda realmente é o sentimento mais doloroso e agudo de todos ... a minha solidariedade ao Dan e minhas preces pelo descanso do Lucas ...

bjux

;-)

Edilson disse...

Querido Dil:

Perder sempre é difícil mesmo. Não tem outro jeito. Nem sempre temos forças para enfrentar as dificuldades da vida, mas é preciso acreditar que tudo tem um propósito maior.Entregar na mão de Deus pois Ele melhor do que ninguem sabe nos confortar é o que nos resta.Linda semana...beijoo.

Amon Ribeiro disse...

Eu nao sei o que é perder porque nunca soube o que é encontrar...
bjs Dil!

Luna Sanchez disse...

Dil,

Embora me considere uma pessoa esclarecida e ciente dos ciclos da vida, não consigo me acostumar, me conformar com a ideia da morte.

Egoísmo meu, sei disso.

=\

Dois beijos, lindão.

ℓυηα

Beta disse...

Dil
É mt dificil falar da morte , embora eu creia q esta vida seja algo passageiro !!!
São em horas como estas que vemos quem são nossos amigos e vc com este post provou o que eu ja sabia : Vc é especial mocinho...
Que seu amigo se recupere, que renasça ainda mais forte

Beijos kerido
Adoro vc!

Srtª Elis° disse...

ahhh elas vão as estrelas pra nos aquecer com sua luz...
gostei daqui..... xeroo!

Menina Misteriosa disse...

Dil,
Palavras sempre sábias... conforto, carinho... você é um ótimo amigo!
Saudades!
Beijo!


http://meninamisteriosa.wordpress.com/
http://www.aceuabertodaboca.blogspot.com/

Luigi Fernandes disse...

Viu Danzinho *-*
Meu marido é bem motivador !
Lembre-se da frase que ele colocou no fim viu !
Dan, agora vc está aqui ó ♥ !

Beijos

[Amor, parabéns pelo Blog, fantástico - TE AMO]

Rute disse...

Oi Dil não existem palavras, gestos, pensamentos que possam expressar a dor da perda.Massacra a alma e tudo ao redor perde o sentido.
Por isso o Dan deve buscar forças para suportar essa dor.Não é fácil a falta de alguém, parece que o mundo inteiro está vazio de gente.
Dan seja forte, forte na medida do possível e ao mesmo tempo se permita chorar.Esquecer a pessoa amada, jamais vc esquecerá, mas com o tempo você conseguirá pensar profundamente no assunto sem os olhos se encheram de água.

Obs:Dil será que eu disse alguma besteira ai? Como disse no primeiro parágrafo, nbão sou boas em palavras nesses momentos...
Bem...beijinhos a vc Dan e outro beijinhos ao querido Dil!

Sentimental ♥ disse...

já eu digo pra não chorar, lembrar da pessoa com o máximo de alegria possível e fazer preces sempre q a tristeza estiver ganhando a queda de braço.

mas melhor q isso é viver cada dia como se fosse o último, dizer q ama quando tem vontade, e demonstrar nitidamente seu carinho, amor e respeito, assim a dor fica menor, até pq a separação é só da matéria, e do coração ninguém sai...

bjs

Dani Brito disse...

Oiii Dil!! Poxa..assunto delicado hein?! Gostei muito da ultima parte. Mas acho que, embora nossa unica certeza na vida, é que um dia vamos partir, a dor de perder é intensa, e viver com lembranças machuca muito. Mas Deus é cuidador de todas as coisas, por isso temos que viver bem, fazer o bem, ajudar, buscar a Deus sempre! Um beijão.
Respondendo a sua pergunta: ainda estou me empanturrando de chocolate..rs

Gilson disse...

Dill

Você só falou verdades, amigos nessas horas dificeis são o que melhor temos para nos ajudar a passar por esse momento difícil.

Abs

Vaca Jersey disse...

Se a vida é esse jogo divertido... a morte é a penalidade mais chata, pois te força a parar de brincar... mas está nas regras, todos sabemos!!! Fazer o quê, né? Viver - intensamente - hoje! Hugz, Dil!

Caio Lima disse...

putz
é tenso né
perdi um tio no começo do ano tbm... Infelizmente faz parte =/

Adorei a frase q vc colocou ai no final do post: "AS PESSOAS QUE AMAMOS NÃO MORREM. APENAS PARTEM PRIMEIRO QUE NÓS"

Nem sei o q dizer...

abraço

Flavih Jones disse...

Pura verdade teu post Dil.
É sempre muito doloroso perder quem amamos.
Força para o seu amigo.

Beijos querido.

Diana Valentina disse...

faz parte da vida não é? nós é que nunc estamos preparados. nunca estaremos. nem sei se existe coisa mais doloroa do que a perda.
=)

Daniel disse...

Venho aqui hj a agradecer o meu cunhadinho, amigo do meu coração Dil, por estar fazendo isso por mim. Eu sou o Dan, e a poucos dias eu perdi o meu amor. Sei que é egoísmo meu não aceitar as coisas divinas, mas o ser humano é assim mesmo, desse jeito, jamais conseguimos aceitar as coisas de deus e se um dia conseguiremos, essa é uma resposta de um futuro completamente improvável.
A dor que eu estou sentindo é enorme, mais sei que eu vou recupera-me, pois a vida é assim, cheia de altos e baixos. Temos que aprender a dar valor aqueles que mais amamos, pois a vida é uma caixinha de surpresa.

gatohxh24 disse...

Dil, tudo bem?

esse assunto sempre nos traz angústias e dores.
mas infelizmente essa eh a unica certeza q temos na vida, por isso curtamos a vida ao máximo, e lembrarmos daqueles q ja partiram, sempre com alegria, pois eh assim q eles querem nos ver..... e não ao contrario....

abraços
Michel

Vaca Jersey disse...

Hahahaha!!!!! Vou te mandar o Baby Gangster pra passar o fds aí com vcs... hahahaha!!! Hugzzzzz!

Priscila Rôde disse...

É a única certeza que temos, felizmente!

Um beijo querido,
saudades!

Três Egos disse...

Olá Dil!, tudo bem?

Então, olha, até ano passado eu nunca tinha conhecido ninguém que tinha perdido alguém tão próximo. Só fui viver isto de perto quando uma amiga minha perdeu seu pai, foi horrível, não tenho nem palavras para descrever a dor que ela estava sentindo. Lembro que na época, uma das palavras que usei foi que o tempo iria curar, poderia demorar muito, mas iria, que aquilo era um daqueles nossos pesadelos, enfim, não sei se ajudei, naquele momento eu fiquei perdido também, não sabia o que fazer, apenas quis estar do seu lado e me assegurar que ela estava bem acompanhada. Hoje em dia, ela ainda lembra muito dele e tem seus maus dias, suas recaídas. Foi difícil e ainda esta sendo difícil, a dor da perda de alguém que a gente ama é terrível e não sei se existe tempo para isto. Bom, eu escrevi até um poema sobre ela no post "Pilar" em novembro no meu blog.
Enfim, é um assunto delicado e a gente pensa que nunca irá acontecer com a gente.

Grande abraço Dil!

JRonson disse...

Realmente é um post bastante sentimental. é verdade, essas pssoas nunca qereriam q dsistissemos d viver, e como custa perder algem proximo. a dor e inimaginavel, mas nao podemos parar d viver porque simplesmente nao esta certo :)

e um assunto muito tocante e sensivel d s falar

@vitinhobinho disse...

LI esse texto de forma triste :( nao simplesmente por ser um assunto assim. Todavia me identifico pessoalmente atualmente

Vanderson disse...

E aí Dil como é q tá?!
Rapaz tô de volta com pc e tudo, foi sofrida essa semana ilhada!!
hehehehe!!
quanto ao post é realmente muito triste perder alguém querido, mas todos vamos passar por isso um dia ou já passamos, como é o meu caso, mas já dizia o poeta "a vida continua" infelizmente não como gostaríamos mas continua...
abraço!

Enrique Coimbra disse...

Não acredito na morte. Sei que há algo depois. O que nos deixa loucos, Dil, é o fato de nos sentirmos abandonados, sozinhos. E, às vezes, acho isso egoísta. Sei lá. E outra, eu JAMAIS disse que era IMPOSSÍVEL sentir amor por alguém que conhecemos na internet. Eu até deixei isso BEM CLARO lá no IS&T. De qualquer forma, valeu pela opinião!

Richard Mathenhauer disse...

"Morrer acontece com aquilo que passa sem deixar vestígios".

Abraços,

Viva. disse...

Se eu acreditar na morte como um fim, vou perder um dos sentidos da minha vida, um anjo e um amigo.

:)

E.Suruba disse...

é..as vezes é triste...bjo. bom fds

@philipsouza disse...

Dill tudo bem?
concordo com vc, já perdi pessoas que amei muito...mas elas acontecem ne..sempre com pessoas que são as melhores. Como vc disse elas não morrem so vao embora primeiro que nós...

abraçao amigo

Augusto Dias disse...

A certeza de não mais ver, ouvir, sentir alguém que amamos é realmente terrível.
Mas dor passa, concordo, precisamos seguir.
Um abraço!!!

Anônimo disse...

Suas mensagens são lindas, obrigado por nos mostrar essas palavras!

wily disse...

Oi Dil, apresentaram-me seu blog hj. Estava lendo, e este, em especial chamou-me a atenção. Quão bom seria se todos fizessem isso que você fez. Nessas horas precisamos demais de um ombro amigo. Nem é preciso dizer nada, só estar presente. É isso, garoto. Abs

railer disse...

como dizia minha querida vovozinha, 'pra morrer basta estar vivo'. é algo natural, mas realmente difícil de se acostumar.