quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Lágrimas de dor!

Infelizmente, o Brasil chora com tanta desgraça que vem assolando o país com catástrofes naturais como as que estão acontecendo na região Sudeste, principalmente nos municípios que fazem parte das proximidades do Rio de Janeiro. Tantas cenas fortes, chocantes, marcantes, que nos fazem emocionar, não da forma como gostaríamos, mas da pior forma possível, ao vermos relatos das pessoas que perderam tudo, tudo o que construiram durante uma vida, principalmente aquelas que perderam seus pais, mães, irmãos, tios, primos, amigos. A única coisa da qual se sentem aliviadas e felizes nesse momento é por estarem vivas. Essa é situação da qual ficamos impotentes sem podermos ajudar, de vermos tanto sofrimento e não podermos ao menos se quer dar um abraço, uma palavra de conforto a essas pessoas. Nos resta a única coisa da qual podemos fazer a distância. Orar. Pedir para que Deus receba as pessoas que se foram em Seus braços, que dê o conforto, um acalanto ao corações das pessoas que perderam tantos entes queridos e que possa lhes dar um sopro de esperança, de que tudo irá tomar um rumo diferente.
No meio de tanto caos, vemos o quanto o ser humano é bondoso, solidário que se preocupa realmente de coração com o próximo, não pensando apenas em si, mas colocando o seu eu de lado e se preocupando com a pessoa ao lado, de que precisa de ajuda e está ali, com sua mão estendida, a postos para segurar e lhe puxar. Hoje, assistindo ao jornal, me emocionei mais que ontem, me desabei em lágrimas, com tudo o que vi. O desespero das pessoas ao verem tudo o que conquistaram ao longo de suas vidas, reduzidas a meros escombros, cobertos de lama. Foi impossível não deixar muitas lágrimas escorrerem por meu rosto. Foram momentos dos quais um palavra se quer conseguir pronunciar ao me peguntarem por qual motivo eu estava chorando. Minha única reação foi apontar para o noticiário e mostrar o por que de minhas lágrimas. Citei as cidades serranas por terem sofrido mais com essas chuvas que vêem caindo pela região, mas não desmerecendo citar São Paulo e Minas Gerais, que também estão a sofrer, não tanto quanto o Rio de Janeiro. Quem puder ajudar, principalmente as pessoas que moram próximas, sejam com doações de alimentos, roupas, cobertores. Não meçam esforços, não se deixem ficarem encabulados, alguns por não terem muito a doar, mas que esse pouco junto com os demais se tornarão muito para as pessoas que tanto precisam nesse momento. Sei que Deus não irá desamparar Seus filhos nesse momento, então vamos todos orar, pedir para que tudo isso passe logo e se torne apenas uma parte da história, que muitos desejam esquecer e tentar ajudar o máximo que pudermos, dentro de nossas condições, de nossas possibilidades.

PS. Estou envolvido com um trabalho que está me exigindo mais tempo do que esperava, assim que concluir estarei retornando com o blog, respondendo a todos os comentários que estão pendentes, rs. Desculpem minha ausência. Esse era um assunto que eu não poderia deixar de me expressar a respeito e eu tinha que vir aqui.
Contato: dilsantos@rocketmail.com

É isso

Bjo

25 comentários:

Ro Fers disse...

Confesso que evito assistir jornal para fugir de tantas desgraças...
Hj msmo assisti reportagens chocants com os desastres das chuvas no RJ, foi penoso ver um resgate arriscado e doloroso ver uma garota falando q perdeu 15 pessoas de sua familia...
Que lastimável....
Abçs

Sentimental ♥ disse...

estou torcendo pra q isso acabe logo e q outras pessoas não percam a vida... pq casa e pertences a gente consegue com trabalho, mas vida não.

HSLO disse...

Fico emocionado a cada hora que vejo ou leio, alguma reportagem sobre a situação no Rio...e sempre me coloco no lugar daquela gente.
Peço a DEUS que tudo passe logo.

abraços

Serginho Tavares disse...

é triste demais ver a dor de todo esse povo
nem tenho o que dizer apenas ser solidario uma hora destas

beijos querido

Rute disse...

Oi querido sabe que todas as vezes que vejo as reportagem na televisão sobre essas tragédias, eu fico muito emcoionada. Mas ao mesmo tempo feliz em saber que apesar da tragédia há pessoas que de uma maneira ou outra mostram a sua solidariedade. Eu faço a minha parte e qem bom que muitos fazem também em ajudar, seja com alimentos, materiais de limpeza, higiene pessoal e divulgação. como vc está fazendo no blog.

Beijos, respondi seu e-mail viu.
Obrigada querido pelo ombro amigo

Murillo disse...

É muito triste mesmo. Me emociono demais com essas imagens. Além disso, sabe com o que mais eu fiquei chocado? Com os jornalistas. Numa das matérias mostraram as cenas de pessoas correndo por causa de um boato, correu a notícia de que uma represa tinha rompido e que a cidade de Nova Friburgo no Rio de Janeiro ia inundar. Muito correria, muito Pânico. Pessoas deixando os carros e fugindo a pé da cidade, muitas sairam correndo só com a roupa do corpo levando os filhos no colo e os jornalistas lá cobrindo a matéria. É muita coragem, eu achei. Apesar de tudo eu ainda acho essa profissão muito nobre. Pena que não é valorizada como deveria. Geralmente quem é jornalista, o é por amor a profissão.

Juliane S. Rocha disse...

Estou rezando para que Deus possa confortar essa enorme dor, que ajude todas aquelas famílias que infelizmente perderam tudo.E que depois de tudo isso as pessoas, os governos comecem a reorganizar o modo de vida. Conscientes que um único papel que não for jogado nas ruas podem fazem a diferença, até chegarem a atitudes grandes. São nesses momentos que percebemos o quanto somos pequenos diante do universo e suas forças, por isso a necessidade de respeitá-lo.
Beijos

Folhetim Cultural disse...

Olá neste sábado em meu blog minha coluna poética, uma homenagem ao grupo Roupa Nova e Bruno Martins no chá das 5. Conto com sua visitá lá.

informativofolhetimcultural.blogspot.com

Magno Oliveira
Folhetim Cultural

RaH disse...

Dil, tb fico tão triste!
Meu coração fica despedaçado..
E fico imaginando essas pessoas que as vezes levam anos para construir seu cantinho, comprar suas coisinhas e tal... E de repente perdem tudo... Inclusive familiares.

Leva tempo para sarar. Para melhorar.

Mas sabe o que estava falando dia desses?
Entra ano sai ano e tudo é a mesma coisa... Centenas de vítimas sofrem com as chuvas...
Falta de planejamento e infraestrutura...Crescimento urbano desenfreado... Falta de atenção e respeito às pessoas e à natureza.

E então taí o resultado.
O filme se repete.

A gente sabe dos riscos e das consequências e não faz nada para evitar.

E esse é o nosso país da copa do mundo e olimpíadas, né?

BeeijO, meu querido!

Insana disse...

É triste sim.
É lamentavel saber que vi isto ano passado e vou ver ano que vem

É Decadente saber que nada é feito para evitar..

muito se fala em fazer "Agora" vamos la vamos ajudar doar, logico que sim.
porem o "Evitar" seria o melhor.

bjs
saudades de tu menino.

Insana

• || Rai || • disse...

Diiiiiiiil! Te indiquei entre os 15 blogs com o selo do Projeto Creativité, tá? Depois passa lá no meu blog para pegá-lo ^^

Beijão!

Candy disse...

Realmente o Rio de Janeiro está um caos. Ontem ainda teve um bairro aqui perto que foi atacado por um tornado. Olha a que nível chegamos!! UM TORNADO!! Até onde eu saiba, eu nunca havia acontecido aqui... =/

Bjs

Bia Monteiro disse...

Oiii meu anjooo
Tb andei sumida, neh
Tanto tempo sem passar por aki
E por lugar algum da blogosfera.
Espero q esteja sussa com vc!
Mto triste tudo isso q está acontecendo
Mas infelizmente, é consequencia
Não da natureza, mas do ser humano
Que com suas atitudes impensadas
Provocou tdo isso!
É rezar e esperar q tudo melhore!
Bjo grnde
=D

Três Egos disse...

Amanhã mesmo estou levando uns alimentos não perecíveis para o hospital que irá transportá-los para as regiões de caos...

Beijo!

J. M. disse...

Dil, querido. Tudo bem? Indiquei vocÊ para um selo no meu blog. Passa lá pra conferir, certo? Abração.

HSLO disse...

Dil,

Voltei aqui para te falar que meu blog está de visual novo...da uma olhadinha lá.

abraços
de luz e paz

Hugo

Menina Misteriosa disse...

Ah, meu amigo, você, sempre consciente!

Saudade!

Beijo

MeninaMisteriosa

Dani Brito disse...

Dil, triste o quadro e pior ainda é ligar a TV e só ver esse assunto..mas fazer o que, tem gente sofrendo muito por aí e isso nos faz sentir vontade de abandonar nossos pequenos problemas e nos movimentar pra ajudar...

Tem selinho pra vc no meu blog, querido!
Um beijooooo

Hugo de Oliveira disse...

Oi Dil,

Obrigado pela presença por lá...matou minha saudade um pouco...kk.
abraços

Ranzinza disse...

Opa, passei para agradecer seu comentário no Folhetim e pelo "menino"...
Apareça no meu blog e veja mais por lá!

sonho disse...

Meu querido menino de olhos lindos
Sempre muito sensivel...
Saudades de ti meu querido.
Beijo d'anjo

Déia disse...

nem sei o que dizer,

só que estou com saudade!!

bj

Insana disse...

Menino Dillll que saudades, vc fica tamto pempo lange da genteeee...
amei sua visita.

bjs
Insana

Inside Me disse...

oh meu doce, como vc ta hein? além de sem tempo, de indignado com as mazelas desse nosso brasil, enfim, saudade de tu, meu doce. bjocas

Bia Monteiro disse...

Oiii querido,
Tdo bem com vc?!
Passei aki rapidinho
Só pra dizer oi msm
E desejar-te um belo fds
Bjo grande
=D