terça-feira, 5 de abril de 2011

Cotidiano!


As vezes, quando estamos meio saturados com nosso cotidiano, queremos, tentamos enfim, fazer algo para quebrar essa barreira, esse paradigma que tanto nos perseguem. Seja no quesito pessoal, profissional, o que queremos realmente é mudar isso, procurar não nos entregarmos ao habitual, ao cronometrado. É preciso corrermos riscos, buscar novos desafios, para que assim, nossas vidas não sejam algo tão pequeno, tão dispensável. Mas será que podemos nos classificar dessa forma? Dispensável? Não. Todos temos algo para deixarmos como marcas por aqui, felizmente a maioria deixa algo bom, a minoria algo ruim, algo que marca de forma extremamente negativa nossa passagem pela Terra. Mas voltando ao assunto do cotidiano. Sabe o momento que você tem aquele estalo de idéia e resolve colocar em prática, mesmo sendo um pouco arriscado? Então, não devemos ignorar isso, pois muitas vezes esses momento se tornam cruciais para que possamos fazer a reviravolta que tanto queremos e buscamos para nossas vidas, para que enfim, dê uma sacudida nela e deixa de ser toda milimetricamente correta. Arrisque-se mais, para querer mais.
Isso se torna um elixir para nossas almas. Não digo para você algo perigoso, que irá lhe pôr em perigo, mas sim algo arriscado para que possa lhe dar motivos para inovar, para mudar seu comportamento perante algumas coisas que nos são impostas pela sociedade, mesmo que de forma um pouco imperceptível.
Eu já estou fazendo isso e você? Até quando esperar?

É isso

Bjo


P.S. Desculpem o sumiço, a demora em responder aos comentários, é por uma boa causa. Minha avó irá comemorar 90 anos esse semana e estou super envolvido nos preparativos da festa. Logo que passar essa correria estarei novamente atualizando o blog com mais frequência e visitando os amigos tão queridos.

Contato: dilsantos@rocketmail.com

22 comentários:

Ju Fuzetto disse...

Arriscar-se esse é o caminho!

saudades amigo beijo

Beta disse...

O sumiço é por uma boa causa entao volte só depois disso
Parabéns pra sua vovis

Vale a pena o risco....
Te mandei um email .... , tomara q tenha recebido
Beijo

Wanderley Elian Lima disse...

Oi menino sumido
Já disse o poeta: "Quem sabe faz a hora, não espera acontecer"
Felicidades para sua avó".
Bjão

Serginho Tavares disse...

seguir um momento de impulso muitas vezes é o necessário a fazer

beijos querido

sonho disse...

Ola meu querido menino de olhos lindos:)
A vida é feita de riscos...que será de nos se não arriscar mos???
Meu querido dá beijo grande a tua avo...pena estar longe...ia já fazer me de convidada....só para provar as tuas sobremesas deliciosas:)
Beijo d'anjo

Luna Sanchez disse...

Conta pra gente qual é o teu desafio atual, Dil, conta?

Beijo grande!

Rute disse...

Oi querido, tudo bem? Também estou com saudades de vc!
Enviei um e-mail a vc, mas não há novidades, não. Se tem são poucas. O de sempre.o unico jeito é esperar até julho para ver o que vai dar.

Querido mudando de assunto e indo para sua postagem. Vc já sabe a minha opinião sobre em arriscar-se na vida.
Eu não tenho medo nehnum em me arriscar, gosto de desafio e muitas vezes, me dou mal outras vezes super bem.
Acredito que na nossa vida é assim
cheia de consequência, basta cada um olha-lá sem receios.
E riscos todos passam, o importante é continuar , para ver se o riscado é o melhor ou não pela vida.
Vai que de repente esse risco, vira um riscado, mais que riscado que dá certo hein?
Também se não der meu amigo!Eu tentei, vc tentou alías todos tentamos..
Ai querido amo prosear contigo, vc sabe né?

Fiquei interessada no livro que me indicou, depois passe a editora para mim tá?
Beijos e ótima comemoração no aniversário da ´vó!

Júlia disse...

Oi Dil! Nossa, seu post combinou com o meu... Inovar é o que há.
To tentando seguir seu conselho, se não der certo, venho brigar com você. ahahaha

Ai, aniversário é tudo de bom! *-*
Arruma bem bonitinho e depois colocar algumas fotos ai para a gente ver. E ah, parabéns para ela =)

Beijo Dil =*

Enigma disse...

Saudades Dil, amigo querido:)

Parabéns pelos 90 anos da sua avó.

Milhões de beijinhos. Kiss!! Kiss!!

Kafé Universitário disse...

Olá Dil.

Simplesmente amei esta postagem.

Coube muito bem no momento em que estou vivendo. Mais o grande problema é que não tenho forças e coragem para me arriscar!!!

Mais ando realmente precisando me renovar e sair das amarras do meu cotiano patetico e moralmente certinho... Que as vezes me irrita tanto....

Mil bjs

Sempre por aqui

Patrícia

PS: Felicidades para sua Avó.

Caroline. disse...

Menine vc sumiu msm, e eu também né? sahsausahusahsaua
Enfim feliz niver pra sua vó,e saudades de vc.
Beijo =*

Déia disse...

Oiiiii

Eu estou em busca de mais amor! rs

saudade de vc

bj

Folhetim Cultural disse...

Olá passo por seu blog para convidar você a visitar o meu que é dedicado a cultura. De segunda a sexta feira noticiário cultural aos sábados minha coluna poética ás 09 horas da manhã e ás 5 da tarde Chá das 5 sempre com uma participação especial. Irei aguardar sua visita lá. Abraços sucesso em seu blog. O endereço é informativofolhetimcultural.blogspot.com

Magno Oliveira
Twitter: @oliveirasmagno ou twitter/oliveirasmagno
Telefone: 55 11 61903992
E-mail oliveira_m_silva@hotmail.com

Carla Fernanda disse...

Uma visita cordial!
Saudações!
Os atalhos é que ficam para sempre porque nos levam mais longe.
Carla

Chiara disse...

Olá Amigo !!!
Andei um pouco sumida.. mas agora estou de volta ...

Tenha um ótimo dia !!!
e deseje meus parabéns pra sua vovó, afinal não é qualquer um que chega aos 90 anos !!!

bjsssssss

RaH disse...

Mudanças são sempre arriscadas, por não sabermos o que pode acontecer..
Mas é exatamente este "não saber" que vale a pena.
É preciso mudar.

;)

BeijãO, meu anjooo!

Crazy Sushii disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Crazy Sushii disse...

Legal ler um texto assim, Não cansativo e que encoraja, que da idéias de como estar nossa vida e de como devemos conduzi-la sair do cotidiano que nos prende...
Parar pra pensar e observar a beleza da natureza, fora do mundo de concreto, como o banho de um passarinho na areia quente no sol da manhã *-*...O cotidiano 'não' deixa e pequenas coisas passam despercebidas...

garoto cientista disse...

Meninu, se eu arriscar mais, me jogo de uma ponte, rsrsrs, bem, digo isso, pois ja arrisquei bastante na vida, a última aventura foi largar o emprego e família no Espírito Santo e vir para a UFAM em Manaus, aiai kkk. Abraços.

Marco Antonio disse...

qdo tou saturado com o cotidiano, o q geralmente não ocorre, a não ser q eu esteja profundamente cansado (q é o q tá rolando nos últimos dias. rs.)...sabe o q eu quero? dormir. sumir. explodir. rs. aí tenho os recursos neh. vou pra piscina três dias da semana. faço yoga dois dias. vou começar a malhar. estas válvulas de escape. mas o mais importante de tudo...escrevo. vc deve saber a sensação q é de explorar o caos interno, afunilar as ideias e cuspir tudo no prato feito do mundo. ontem, por exemplo, publiquei um novo texto. uma declaração rasgada a uma amiga. mas esta amiga, no fim das contas, sou eu, é vc, e são outras pessoas q estão presentes no mundo. leia e veja se se sente assim. e, claro, deixa suas pertinentes observações. abs. e brigadu por ter separado a revista.

Carla Fernanda disse...

Viver sem medo é isso!
A coragem é a primeira das qualidades.
Obrigada pela visita!
Boa noite!
Beijos,
Carla

Vampira Dea disse...

Passando por aqui gostei tanto dos teus textos que acho que voltarei sempre