segunda-feira, 27 de julho de 2009

Inocência de uma criança!


As vezes eu me pego a lembrar da infância, as brincadeiras, a despreocupação e a forma como se via o mundo, as pessoas.
Toda sua pureza, ingenuidade e inocência de uma criança, que aos poucos vai se perdendo, ficando somente na memória.
Poucas pessoas ainda carregam consigo um pouco disso, acho que isso as fazem especiais, um diferencial das demais pessoas. Eu me enquandro nesse "poucas pessoas", acho que acredito demais nas pessoas, procuro ver somente o lado bom delas.
As vezes temos aqueles momentos de rebeldia, de raiva, mas isso é normal, ninguém é 100% pacato, tranquilo, chega um momento que acaba sendo preciso demonstrar isso, não com violência, mas uma atitude, como dizer não, principalmente por aquelas pessoas que têm difuculdade de dizer NÃO.
Eu já fui assim, ainda sou um pouco, mas aprendi a dizer não, pelo menos na maioria das vezes. Foi necessário, depois desse ato de "liberdade" fui tachado de rebelde, rsrsrs.
Aos que ainda possuem a pureza, ingenuidade e inocência de uma criança, não percam isso, apesar de o mundo lhe mostrar que não se deve ser assim, siga seu coração.

É isso

Bjo

15 comentários:

Eric R. disse...

Olha amigo esta passando por um momento de espiritualidade,de luz e calmaria.
Espero que esse momento dure muito... é sempre bom ter um pouco de "criança" dentro de nós.
Se cuida amigo.
Abração :D

Eric R. disse...

O amigo que isso de momentos deprimentes???
Mas nota-se que nesse texto vc ja esta em um outro momento diferente do texto passado...é logico né a vida muda dia após dia.
Nossa isso me deixou confuso, melhor não filosofar.kkkkk

abraço amigo...

PS: as vezes esqueço que somos meros mortais ou será q não somos mesmo?!?!? kkkkkk

Menina Misteriosa disse...

Indentifiquei-me muito com este seu texto. Em certas partes, senti como se você estivesse me descrevendo...
Estou conhecendo seu blog e gostando muito!
Beijos

Sentimental ♥ disse...

sei lá, eu sou uma mistura de ingênua e inocente [pureza passa longe] e com pitadas de malícia, pra passar por certas situações sem ser pisoteada, entende?
beijos

Life_and_Feeling disse...

Todos somos um pouco crianças...ao ponto de acreditarem tudo principalmente akilo que escrevi no meu blog...hauhauhsu

Agradeço muito sua presença no meu blog e espero vc la mais vezes....

O bjo

RoÔ

Jota disse...

tudo em boas doses funcionam. os que perdem totalmente a inocência se tornam frios, pacatos. Não gosto muito não!!! rs



Beijos,
Jota.

Marcelo Novais disse...

Ai eu sempre sigo meu coraçãooo!
Se amigo Erick tem muuuito bom gosto então!
Sou fanatico pela J-Lo. Ela é minha vida...hehe
amo,amo e amo
rs
Fuiiz!

Marcel Hartmann disse...

"Feliz é aquele adulto que controla quando pode ser criança".
Num me lembro qual escritor disse isso, mas eu acho que é bem nessas.

Dom .A. disse...

"Somos uma metaformose ambulante, sendo moldados pela foçra do tempo".

Sobre a infância, eu sofro de Síndrome de Peter Pan - risos.

;-)

Life_and_Feeling disse...

E meu anjo..Estamos no mesmo caso mas um dia agente se arranja e seremos felizes...espero velo mais vezes por aki!!! Ja to te seguindo pois agora irei acompanhar!!!...

Bjos meu amigo!!!

DANIZINHA disse...

Muito bom saber que há pessoas que ainda têm isso.
Quando eu era criança ainda eu houvia as pessoas dizerem q essa era a melhor fase e ainda criança valorizei a alegria de ser criança. As vezes eu acho que tirando poucas coisas, se a gente esquece a nossa essencia quando ainda eramos inocentes e sonhadores, na verdade regredimos.
beijos

Hosana Lemos disse...

muito bom o texto...

Cada um tem dentro de si um poucoda infância, características de crianças, e isso é bom, faz com que a beleza da inocência viva mesmo que de forma contida!


bjão

nara. disse...

lindo lindo lindo, poeta mais lindo de minha vidaa bjU

Amanda disse...

Oie..eu vou quase bem...mas vou ficar ótima, tenho certeza...como sempre adorei seu texto, é bom lembrar das coisas boas,e saber o qnt caminhamos, olhar pra trás só para ter certeza de quanto fomos felizes...
Bjo*

Lu disse...

Digo "não, sem titubear, sem cerimonia! Basta não querer algo, ou não aprovar.

Ingenuidade, por vezes é bom. Noutras, nos faz meio bocó.rss
Se bem que, a vida vai ensinando,ensinando...

Beijo!