quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Análise!


Numa conversa sobre análise, sobre a forma como algumas pessoas sentem a necessidade de usarem um amigo como terapeuta, onde alguns dos problemas são digamos assim, um tanto quanto pesados, com uma carga forte da qual muitas pessoas ou a maioria, não estão aptas a receberem. O caso principal, é que por sermos amigos, nos achamos espertos e preparados os suficientes para escutarmos e aconselharmos esses, que precisam de um momento de desabafo, mas esquecemos que essa carga emocional, fica toda em nós. Esse é um dos maiores enganos dos quais podemos cometer. Eu já passei por algo do tipo e sei como é complicado, como é tenso isso. Um amigo meu, acredito que por sentir confiança em mim, resolveu desabafar, até aí tudo bem, normal de se fazer. Mas o problema maior, é que esse desabafo, chegou num ponto crítico, onde todas as suas frustrações, decepções, medos, rancores ele colocou para fora, jogou-as para mim. Eu por um tempo, consegui digamos assim, manter isso isoladamente das minhas emoções, mas chegou num ponto, onde todas as emoções dele, mais as minhas, pareciam se fundirem. Eu fiquei com uma carga emocional pesada demais, eu já estava me sentindo deprimido, por justamente não ter conseguido isolar essas emoções. Acabei assimilando-as para mim e isso de fato não me fez nada bem. Precisei me afastar um pouco, para que eu pudesse reencontrar minhas emoções e me livrar das dele.
Como me disseram, ser esperto e inteligente, é sugerir que esse amigo, procure uma ajuda de um profissional, pois ele sim está preparado para ouvi-lo. Não digo que não devemos aconselhar, escutar nossos amigos, evidente que existem problemas mais leves, que são aqueles rotineiros, como existem aqueles mais fortes. Claro que algumas pessoas irão achar que você mudou, que por não querer escutá-los, a amizade parece que não é a mesma. Mas é aí, que você tem que mostrar que justamente por serem amigos, é que você está sugerindo uma ajuda de um profissional, para que dessa forma a amizade entre vocês não fiquem abalada caso ocorra alguma mudança decorrente dessa análise informal.

É isso

Bjo

Contato: dilsantos@rocketmail.com

Gente, continuem votando em mim por favor para o prêmio TopBlog 2011, peça a seus parentes, amigos e amigos dos seus amigos para votarem também, não precisam se sentirem constrangidos com isso, rsrsrs. Agradeço a todos por votarem.

15 comentários:

Frederico (Para Lady's) disse...

os melhores amigos são sempre os melhores terapeutas,mas é claro dependendo do tamanho do problema e das necessidades o melhor é um profissional. Mas eu gosto de escutar meus amigos e aconselha-los
bjos

Alê disse...

Dil,

Acho que a relação de troca que existe numa verdadeira amizade permite essa troca, mesmo que carregada de carga emocional... É mais fácil dividindo a carga, creio eu,


Bjkas

Fred disse...

Tenho medo de análises... hehehe! Mto bom, garoto! Hugz!

Rute disse...

Oi Dil , meu querido vc mudou o template?
Aqui na minha tela esta tudo escuro

Olha querido eu sei bem como é isso, muitas vezes tomamos problemas de amigos como se fossem nossos, complica tudo quando esses problemas passam a enraizar dentro da gente.
Mas devemos saber separar, porque como amigos devemos ouvir e aconselhar se assim for , mas a aprofundar muito não.Para não misturar as coisas.

Que saudades de ti , meu querido baiano, precisamos conversar né?
Falremos , viu?
Beijos

Luna Sanchez disse...

Oi, lindão!

Essa proposta de dividir fragilidades com um amigo, um parente, não me parecia válida até pouco tempo : eu era a pessoa que dava colo, emprestava ombro, ouvia, aconselhava...nunca a que pedia ajuda. Agora já me permito, aprendi que desabafar faz bem, alivia.

Um beijo grande!

Paulo Braccini - Bratz disse...

Querido Dil, estas trocas e partilhas são o sustento para nossas vidas ... é importante termos sempre alguém em quem confiar e confidenciar ...

Gostei do novo look do blog ... ficou clean ...

bjão

Mariposo-L disse...

Não sou muito bom para "ouvir" e muito menos para falar .. acho que não procuraria amigos para uma "carga" dessas ...
Acredito que as pessoas neste 'estado", estão com energias desequilibradas, e se tem outra pessoa com as energias desequilibrada tudo se funde ... algo como o conceito osmose ...
Gostei do novo layout, ficou legal ... Mas sua foto neste post ... parece uma ressaca danada misturado com uma noite mal dormida ...kkkk

bjs

Fred disse...

Layout novo??????? Adoroooooooo! Hehehehe! Hugz, Dil!!!!

Jay e Alê disse...

Meu amigo querido....
Quanta saudade!
Então, quando a gente tem amigo do lado sempre, conversar, partilhar, desabafar, acaba dando folego, seja a amizade ou ao relacionamento é acaba sendo nessas partilhas que se amadurece e descobre as vezes que é preciso um acompanhamento profissional.
Bjo nosso.
Jay

railer disse...

é muito bom conversar com os amigos, mas lembre-se de que ninguém é dono da verdade.

Fred disse...

Valeu Dil! Boa semana, garoto! Bjz!

Anônimo disse...

A função da psicanálise é levar o analisado a conhecer-se a si mesmo; isto é, leva-lo ao auto conhecimento,alicercado no conhecimento científico.

Não existe nenhuma restrição para a pessoa não ser psicanalisada; desde que possua a capacidade de pensar, falar e raciocinar livremente suas idéias entre a inteligência e imaginação e estando em sua normalidade mental.As causas para os diálogos psicanaliticos são as barreiras da mente e dos sentimentos e que muitas vezes, tormam-se infrutiferos tão apenas por escutar os amigos, parentes e colegas.
O Psicanalista deve ser muito capacitado, e por isso é preciso discermimento,cautela e segurança para esta escolha , pois o objetivo deste trabalhao é ouvir sem julgar, preconceitos, castigos, punições (sejam elas culturais ou religiosas) que morem no inconsciente humano ou faça parte do seu cotidiano e que muitas vezes por serem imcompreendidos acasionam
"distúrbios".

O Bom e competente Psicanalista é um bom ouvinte dos processos inconsciente da mente humana; ele ouve "o que ninguém mais consegue captar, ele sabe ou aprendeu a ouvir as entrelinhas do inconsciente; ele vê o problema e a solução dos conflitos mentais, o que, certamente uma pessoa não especializada,não poderá entender com a mesma profundidade araigada no inconciente.
A grande questão, hoje em dia, é encontrar o profissional psicanlista comprovadamente competente.

Dr.Claudio Mello
CRPC-Ba 26987
cdcmello@hotmail.com
77 91355512

Fred disse...

Tb adooooooooro um all star, fio! Tenho váááários! Hugz, Dil!

Dois Rios disse...

Oi, meu amadinho!

Antes de mais nada quero te dizer q você tà um arraso na foto do post. Menino, tu tá parecendo um galã de Hollywood, aff!!!
===
Quanto ao texto, eu dira que há pessoas que emanam energia negativa, independente de serem boas ou más. Isso impreg na alma e, mesmo que pensemos estar imunes, absorvemos a carga do outro. É por isso que os analistas necessitam fazer, além do curso para aprenderem, dentre outras coisas, a técnica para lidar com o outro, anos de análise. Tenho uma irmã psicanalista e penso que não fosse o respaldo emocional adquirido nas análises, o sujeito pira, literalmente! rs...

Beijos meus,
I.

Fred disse...

Mas manda importar o All Star... hehehe! E bora atualizar esse blog, né? Hugz, Dil!