sábado, 1 de agosto de 2009

Da loucura a santidade!


O que nos faz evoluir da loucura ou a santidade?
Muitos dizem que quando temos determinadas atitudes, não do tipo jogar pedra nas pessoas no meio da rua ou sair correndo atrás de uma moto em plena avenidada apinhada de veículos e em horário de pico, por que aí já insanidade mental, pode internar por que o caso é sério. Mas sim, a termos coragem de enfrentar o desconhecido, de irmos com tudo, as vezes de maneira inconsequênte, mesmo que quebremos a cara.
Em alguns momentos é fundamental passarmos por isso durante nossas vidas, só não pode ser com tanta frequência, pois, temos que pensar nas consequências de nossos atos.
A santidade, vejamos, meio difícil né? Convenhamos.
Podemos tentar nos aproximar, com nossos atos de bondade, atos de benevolência com o próximo. Além do mais, faz bem para nossa alma poder ajudar as pessoas de coração, sem exigirmos nada em troca, acaba-se tornando gratificante você ver o sorriso de uma criança e as lágrimas de felicidade de uma família que perdeu tudo ou que não tem nada, ao receber ajuda de um estranho, principalmente quando se é uma ajuda sincera, sem querer aparecer, chamar a atenção para si.
Sejam loucos as vezes, mas pensem na santidade depois, rsrs.

É isso

Bjo

14 comentários:

Eric R. disse...

é amigo acho q de louco e de santo todos deveriamos ter um pouco.
Tudo na medida certa é um prato cheio pra podermos curtir ao maximo nossas vidas.
Quero ser um santo louco pela vida,por viver e ser feliz.Queremos né kkk
Muito bom amigo,bela fonte de inspiração kkkkk

Abração.

Marcelo Novais disse...

Disse tudoo
mais é tão dificil pra mim pensar na santidade....rsrsrs
Eu sou fanatico pela Jennifer tenho até um site dela...rs
www.jenniferlopezbr.com

Fuiz!

Eric R. disse...

Imagina amigo estamos aqui para isso kkkkkkk
Sucesso até o estrelato sempre ,para nós.

Abração amigooo:D

Sentimental ♥ disse...

eu queria ser um pouco mais insana as vezes, ter coragem de chutar o pau da barraca e ir em frente, mas falta um pouco de coragem.
bjs

@philipsouza disse...

De santoa credito que não temos nada....entendeu NADA...pq semrpe pedimos perdão por alguma coisa hoje..amanha a cometemos de novo..hoje como eu disse no blog do Eric somos manipulados....qm nunca fingiu se amigo da pessoa para tentar passar por cima d aoutra....
bom qm somos nos para julgar um ou outro ne....nessa loucura da vida devemos ser preparados para tudo..quer queira...quer não queira.....


abraços

Karol Armstrong disse...

Oiee
E ae como estás?

Texto massa e conciente ^^

'-
Temos que fazer aquilo que nos faz bem mas que não faça mal aos outros
Sejam um tanto loucos e com doses de sanidade
Não precisamos ser santos, mas sim que respeitemos sempre o próximo^^

bjokiss
ti cuida

@philipsouza disse...

concordo com vc...eu tmb nunk passo por cima das pessoas...so um cara humilde q as pessoas ate assustam...sei la...como as pessoas precisam de nos...nos tmb precisamos delas....é um ciclo se isolarmos um dia podemos perder com isso..o ser humano nao vive so...
como vc disse nao podendo ser aberto demais as coisas....pq ai sim as pessoas veem e pisam..

sobre a serie...eu to lendo eclipse..e gostando...ja li crepusculo...muito melhor q o filme...lua nova...to apostando no filme tmb...e agor alendo eclipse...gosto da cena de ciume..e a historia da vila quileute...ainda nao acabei...

abraço e voltarei sim...vo te lincar depois...

Traduzindo Desejos disse...

Olá Dil, vim retribuir a visita e gostei muito dos seus textos.
Parabéns!

Beijo!

Caroline Leite disse...

Só consigo pensar na loucura sahasuashasuashaaus
Beijo =D

Marcelo Novais disse...

Olhaaaa eu akiiii de novo pra pertubaaaar =P
rs
soh de passagem msm
Bjos!

Dom .A. disse...

O ser humano é imprevísel. Só iremos nos conhecer verdadeiramente em situações extremas. Nem sempre essa descoberta é agradável.
Entre santos ou demônios, há sempre o arrependimento e a reflexão.

;-)

Marcelo Novais disse...

Vouuuuuuuuuuuuu PERTUBAR sempre então!
aoksoasaoosa
Fuiz!

Menina Misteriosa disse...

Boas dicas, gostei!
Eu, ultimamente, procuro curtir e aproveitar ao máximo... mas tentando controlar para não ser muito 'louca'!
E, quanto à santidade, devemos pensar mais sobre isso mesmo... além de fazer bem pros outros, ainda nos deixa renovados!
Beijos

Lu disse...

Fazia tempo que não via a expressão. " apinhada"! rsss

Todo o comportamento, que não seja dentro do parâmetro chamado de "normal" pelo observador, será uma loucura.

Lá em Brasília tem uns comportamentos que não aprovamos, seriam loucos? rss
Loucos de sem vergonha, né?

Então, pintar os cabelos de roxo é coisa pouca. Normal até!...kkkkkkkkkk


Beijo!


P.S.: Tô lendo de frente pra trás. Logo chego no primeiro post.