segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Apoio moral!


Hoje eu decidi fazer um post para dar aquela palavra amiga, um apoio moral para todos que estão sofrendo ou que sofreram decepções amorosas.
Vejo por aí, muitas pessoas desabafando, chorando, sofrendo por causas dessas tão temidas decepções.
Quando amamos e sentimos sermos amados, nunca passa por nossa cabeça que um dia irá terminar, que decepcionaremos com a pessoa amada.
Traição, infidelidade, mentiras, tantas outras coisas que cercam, que rondam , que transformam-se num estopim para nos decepcionarmos.
O momento da descoberta, é a parte mais complicada, mais difícil de enfrentarmos, por que até então, temos esperança de que tudo está perfeito, que ficará bem, que tudo será resolvido.
Eu já sofri muito, já passei por isso, fiquei no fundo do poço, chorei horrores, camuflei meu sofrimento, com sorrisinhos, gargalhadas, mas por dentro estava destroçado.
Chegou um momento que eu decidi, escolhi seguir em frente, que eu deveria procurar viver. O tempo contribuiu para isso, mas a parte mais difícil ficou para mim. Precisamos de força de vontade, de amor próprio para alcançarmos essa superação, esse ponto.
Fiz muita análise comigo mesmo em meu quarto, no escuro, escutando uma música para ajudar a me concentrar. Fiz tratamento intensivo e deu resultado. Aqui estou eu, com o coração aberto, cheio de amor para dar, esperando apenas a pessoa certa para poder compartilhar.
Não estamos imunes as decepções, infelizmente, mas temos que saber reagir e não nos deixarmos abater por ela. Chega um momento que temos que olharmos para nós mesmos e ver que não nos levará em nada ficarmos nesse estado, que em algumas pessoas torna-se deplorável.
Levante a cabeça e siga em frente. A pessoa certa, se é que existe, está por aí, apenas esperando por você.

É isso

Bjo

21 comentários:

Três Egos disse...

Fim de relacionamento sério é sempre complicado, mesmo que não haja traição, apenas desgaste e brigas constante já é difícil. Acredito que tudo isto faz parte de um ciclo se a pessoa não é a alma gêmea como imaginássemos que fosse ou vice-versa. É difícil, lágrimas rolarão, sairão corações partidos, mas tudo faz parte de um bem maior. E é isso, é esperar o próximo amor, se é que ele existe (no momento estou um pouco desacrditado disso).

Abraço,

Hermes

hpaulista disse...

Oi, Dil! Que bom que você encontrou forças para superar suas decepções. Isso que você escreveu é muito importante porque há várias pessoas que visitam nossos blogs e que precisam desse apoio moral.
Parabéns pela mensagem.
Beijo!

Amanda disse...

Querido,

Fico feliz toda vez que venho aqui...sempre tem um texto inteligente e perspicaz...vc conhece minha história...Obrigada!

Bjos!!!!!

Drico disse...

Olá meu amigo! Tdo bem com vc? É... realmente essa fase não é fácil de forma alguma... estou passando por ela... sei q não há nada como o tempo, mas dói. Mas são coisas da vida... e temos que aprender com as situações com as quais vem ao nosso encontro. Parabéns pelo post e obrigado por todas as mgs de força! Um forte abraço!

Déia disse...

É, pegar uma traição dói... pois temos que fazer algo com isso...
Terminar ou perdoar? Como é difícil saber...

Mas vc falou tudo, há um tempo p/ sofrer e outro para iniciar a reconstrução, não dá para ficar o resto da vida, chorando por alguem que não te quer!

Ja passei tanto por isso...mas ainda bem q hj estou sossegada rs

Bj a todos

xoogle disse...

... é um tipo de ciclo doentio feito um carrossel...

Ausência Instável disse...

OOooooiiiii Dil,
Quanto tempo não passo aqui, nem visito você.
Bom, o tema é bem comum ao que eu sempre venho passando, a tal da confiança, quando tudo parece estar bem, nem é o começo das desilusões, mas o que tenho a dizer, seria muita coisas, mas cada um tem um convivio diferente mas é o mesmo sentido. O que posso dizer é que o jeito é aprender com esses erros.

Mas sabe o orgulho que tenho?
É o amanhã, talvez ele demore, mas sempre será um dia diferente para todos.

Abração,

Louís.

Caio Abreu disse...

Acho que o problema é que muitas pessoas acham que relacionamentos vao durar para sempre... nada é para sempre... sempre entro num relacionamento consciente de que um dia ele vai acabar. Nao sei ate q ponto isso é bom ou ruim...

Sem falar na história da metade da laranja que muita gente tb acredita ne? Já somos perfeitos, inteiros, ninguem nos completa. 1+1=2

Abçs

Luna Sanchez disse...

Dil,

Tenho uma visão menos idealizada do amor.

Isso não me impede de sofrer, mas ajuda a me recuperar mais rápido.

* Belo texto.

Beijos de terça.

ℓυηα

Caroline. disse...

ahazou no texto, mais prefiro não comentar sobre desilusões amorosas...
Beijão =*

Eric R. disse...

óoooooo amigo inspiradissimo :O

É amigo como diz Carlos Drummond " A dor é inevitável,mas o sofrimento é opcional".
Creio que as pessoas estão busccando demais perfeição e se esquecem que ser perfeito é ser como podem ser,amar como podem,mudar quando for preciso,tolerar, e não simplismente impor ou ser submisso.
Como você disse amigo é inevitável nos decepcionarmos, mas não é desacretitando na vida,ou no amor que vamos vive-los e senti-los de maneira melhor.
Além do que paixões,amores de verão,amigos fantasmas tudo vem e vai em uma quase corrente maritima,mas o que permanece em nossos corações ,lembranças e ao nosso lado isso o que realmente importa,podem até nos ferir as vezes,mas quem estamos vivos é pra viver e isso tudo faz parte.
E quer melhor apoio moral que ter amigos como você ;)

"Há duas opções nessa vida: se resignar ou se indignar.E eu não vou me resignar nunca" kkkk

Abração meu amigo.
:D

Aииa disse...

Oiie..
Akie .. Adorei seu blog ..
Muito diferente do meu .. que só posto 'futilidades' . Seus textos são super bem elaborados e com coisas verdadeiras. Um beijo e boa tarde ! Parabéens !
Se tiver tempo passa lá no meu e coment's tá ..
Beijo
blogdaniinaa.blogspot.com

Jay e Alê disse...

Amigo,
Perfeita a compreensão e alusão. O amor próprio e força de vontade é fundamental em qualquer processo em nossa vida e na questão afetiva não é nada diferente.
Bju nosso! Saudade de vc.

sonho disse...

Essas coisa não são faceis...mas não são impossiveis:)
Beijo de um anjo

Sentimental ♥ disse...

é triste terminar uma relação, só q mais triste ainda é perpetuar o sentimento de perda... e mudar isso só depende de nós.
bjs

Jay e Alê disse...

Amigo,
sumiu!
Tudo bem?
Bju nosso.

Quem dançou com ela? disse...

xoogle disse...

... é um tipo de ciclo doentio feito um carrossel...

15 de Setembro de 2009 09:24




faço das palavras do Ivan as minhas palavras.

Ju disse...

Muito bem! adorei o texto!
eu já passei por uma decepção grande, e felizmente superei, dei a volta por cima e hj estou muito feliz, abri a porta para um novo amor..com muito receio confesso, mas é um sentimento q está caminhando bem.
Sempre tem alguém a nossa espera ;)
Beijo!

Menina Misteriosa disse...

Dil,
Sua preocupação em sempre ser um ombro (ou uma palavra) amigo me encanta!
Concordo que é difícil superar a perda, a desilusão. Mas devemos sempre estar abertos para o próximo amor, sem ficar pensando que pode acabar.
E acho que cada desilusão nos ensina um pouco e nos prepara para as pedras do caminho. Nos faz crescer e permite que nos tornemos pessoas melhores. Desta forma, a gente sofre menos e para de cultivar a tristeza. Nos enchemos de coragem de novo e voltamos a viver, a nos expor, a procurar o amor.
E bola pra frente!
Boa semana pra você, lindo...
Beijos

railer disse...

concordo contigo. recentemente tive uma grande desilusão, mas a gente tem que sempre aprender para melhorar o próximo relacionamento até o momento em que a gente acerta.

Girlane disse...

A pior parte é chorar durante a noite, e acordar, com olhos inchados, totalmente arrependida por ter chorado.
Ps.: A pessoa certa exissssssste hahahahaha
beijos