segunda-feira, 14 de maio de 2012

Hoje e amanhã!

Hoje queria sair por aí gritando, mesmo que parecesse meio louco, mas gritar, deixar o vento gelado da noite soprar em meu corpo, deixar as lágrimas rolarem em meu rosto. Hoje não quero ser aquele forte, corajoso, destemido, seguro de si, quero ser aquele que precisa de cuidado, de um abraço enfim. Amanhã provavelmente já estarei de volta com aquele sorriso no rosto, aquela vontade louca de gargalhar, de conversar por horas a fio. Amanhã estarei novo em folha, cheio de sentimentos a escorrer pelos poros, a exalar ferormônios. Enfim, mais um desabafo, de alguém que está um pouco cansado de algumas coisas, de algumas pessoas, alguém querendo se isolar quem sabe e tentar reagrupar seus sentimentos, pensamentos, deixar se reencontrar, deixar que a inspiração talvez volte e dê aquele sopro que tanto preciso.

Hoje tô meio Caio Fernando Abreu, kkkkkk
Estou bem, mas as vezes temos esses momentos, temos essa necessidade de colocar pra fora esses sentimentos, esses desejos que as vezes vamos acumulando.

É isso

Bjo

7 comentários:

Rute disse...

Oi querido as vezes no hoje não queremos nada complicado.
Queremos sonhar com coisas boas
Queremos brincar como criança
Queremos comer sem medo de engordar
E viver sem objetivos

Mas ainda bem,que é só hoje e amnhã voltamos a viver, querendo ser alguém importante a outro alguém.
E a vida continua, meu amigo....
Querido mamãe agradeceu o beijo e lhe enviou outro. Ah, hoje a noite ela está indo a Recife com minha irmã que está de férias. Voltam daqui a duas semanas.

Beijos

Carlos Roberto disse...

Lindo, sei muito bem como você se sente e passei (passo sempre) por esse sentimento. Quando não posso sair gritando pela rua (até porque hospício para mim não é opção) procuro sempre colocar um rock bem pesado (Marilyn Manson de preferencia) e começo a cantar super alto em casa [preferencialmente quando não há ninguém em casa]. É um ótimo exorcismo para mim...

Também ando querendo me isolar, na verdade, desaparecer, mas não dá. A inspiração me abandonou, mas confesso que não a procurei também...

:D Melhoras querido!
Pois se há algo no mundo que me encanta é um sorriso :D

Margot disse...

Aguenta aí Dil... logo, logo isso passa. Já passei por isso algumas vezes...voltei melhor, mais forte.
Abraços querido

Smareis disse...

Oi Dil,
Menino, tem vezes que me da essa vontade de deixar as lágrimas rolar.
A sensibilidade as vezes me pega de tal forma que minha força se esgota. Mais no dia seguinte ja estou forte pronta pra enfrentar qualquer turbulência.
Também gosto Caio Fernando Abreu. o cara parece que escreve por vezes para o coração da gente risoss.

Beijos grande amigo!

ótima semana.

Cesinha disse...

Pronto... já passou, né?! Essas coisas sempre passam... graças a Deus!

Beijos.

railer disse...

desabafar faz parte!

Pedro disse...

Leio, faz tempo, o que escreve no blogue do Cesinha e gosto muito.
Hoje, deixo aqui um abraço...
Também eu fico melhor depois de desabafar; e os dias não são sempre bons...